A Prefeitura de Curitiba multa ciclo-ativistas pela pintura da “Primeira Ciclo-faixa de Curitiba”

Bicicletada Curitiba - Dia Sem Carro - 22 de Setembro de 2007 - Pintura da Primeira Ciclofaixa de Curitiba

Bicicletada Curitiba - Dia Sem Carro - 22 de Setembro de 2007 - Pintura da Primeira Ciclofaixa de Curitiba

Curitiba, a “Capital Ecológica”! Hum, Capital Ecológica com 100% de seus rios poluídos e com o velho Iguaçu tão poluído quanto o Tiete? É, não cola. Ok, que tal “Capital Social” então? Capital Social que multa um grupo de cidadãos por fazerem um bem social (diga-se de passagem, fazendo o trabalho que a incompetente gestão deveria por lei estar executando)? É, acho que ta na hora de mudar o slogan da cidade outra vez…

Bem, a história começa no dia 22 de setembro de 2007, quando dentro da celebração do Dia Mundial Sem Carro, ciclo-ativistas independentes juntos aos moradores da região do Alto da Glória, cansados com a falta de infra-estrutura oferecida aos que escolhem a bicicleta como meio de transporte (e não o automóvel particular ou o esgotado transporte público) e levando em consideração a falta da existência de uma política pública séria em prol da mobilidade limpa e sustentável, decidiram pintar eles mesmos uma ciclo-faixa simbólica.

Antes da pintura, os meios de comunicação e autoridades foram avisados e uma carta aberta circulou entre os moradores e comerciantes da região, que apoiaram a idéia.

Sendo assim, ao fim da manifestação (pública, pacífica e sem líderes que ocorre todo último sábado do mês na forma da Bicicletada) a “Primeira Ciclofaixa de Curitiba” foi pintada por um grupo de cerca de 50 pessoas, à luz do dia e de cara limpa.

Ao final deste protesto pacífico (por volta do meio-dia, após termos nos encontrado casualmente com o Prefeito no Passeio Público), de forma comunitária e com o apoio total dos moradores da região da Rua Augusto Stresser, pintamos uma “ciclo-faixa” de cerca de 1m de largura no bordo direito da via. A preocupação com a pintura foi total e esta foi feita com tinta asfáltica, padronizada e visando, além de sinalizar a via e garantir a segurança de ciclistas e motoristas que circulam pela região, MOSTRAR AOS ÓRGÃOS RESPONSÁVEIS QUE DE FORMA SIMPLES, BARATA E ACIMA DE TUDO PREVISTA EM NOSSO CÓDIGO DE TRÂNSITO, podemos incentivar a circulação de bicicletas com segurança no TODO DE NOSSA CIDADE.

Como todos sabem a despreparada Guarda Municipal apareceu no final da festa, e, como é de praxe, agiu com truculência, arrogância e estupidez. Das 50 pessoas envolvidas diretamente com a pintura, 3 foram aleatoriamente escolhidas e escoltadas ao som de sirenes e cantadas de pneu até a delegacia do meio ambiente. A acusação: crime ambiental – pixação.

All right!!

All right!!

Resolvida a questão, a Ciclofaixa foi apagada (o que mostra como a atual gestão, não pode investir em infra-estrutura básica para os ciclistas, mas pode investir em destruir o pouco que é feito) e algumas semanas depois, repintada com esplendor e glória na realização do Primeiro Desafio Intermodal de Curitiba (outubro de 2007), novamente após comunicação aberta à grande mídia, cidadãos e autoridades.

Através desse texto, a Bicicletada procura divulgar a todos os envolvidos (Prefeitura, ciclo-ativistas, moradores, comerciantes e a Delegacia do Meio Ambiente) de que a “multa por pixação” ainda esta valendo. Os três ciclistas que foram “enquadrados” receberam esta semana uma notificação final com o veredicto de culpa e com um prazo para pagar uma absurda multa de R$750!

Esperamos que as devidas providências sejam tomadas e que a Delegacia do Meio Ambiente e a Prefeitura de Curitiba possa receber os ciclo-ativistas para discutir a questão e lembramos, que ao contrário da multa de 600 mil reais aplicada ao nosso prefeito Beto Richa por propaganda ilegal, ao pintar a ciclo-faixa os cidadãos não estavam destruindo o patrimônio público e sim contribuindo com este.

Gratos pela leitura e compreensão.

À disposição para maiores esclarecimentos,


Bicicletada de Curitiba

www.bicicletadacuritiba.wordpress.com

quem tem medo da ciclofaixa?

quem tem medo da ciclofaixa?

Anúncios

4 comentários sobre “A Prefeitura de Curitiba multa ciclo-ativistas pela pintura da “Primeira Ciclo-faixa de Curitiba”

  1. Luiz disse:

    Amigo Jorge

    Obrigado pela visita! E pelo comentário tb…

    Legal saber que vc tá fazendo uma viagem tão bacana! Aproveite. Vi suas fotos… Parabéns!

    Quando voltar, dê um alô!

    A luta continua!

    Luiz

    Curtir

  2. mario c. jr. disse:

    Todos nós devemos ter em conta, o atraso cultural (nas camadas mais básicas) de nossa popluação.
    Colocado isto, não é de se estranhar o local legado à bicicleta.È notório que a maioria da população pobre ainda (se possível) usa a bicicleta como meio de transporte.Mas surgindo a primeira chance econômica, vai logo atrás de um “carrinho”, nome geralmente carinhoso que se dá para um “pau véio”.
    Dessa forma ele entra na moda do “one men one car” e vai infestar e poluir democraticamente como o empresário e o profissional liberal…
    A maioria vê a bicicleta de duas formas :
    Ou é de “fresco” ou de “pobre”.
    Então um motorista ou um policial”autoridade”dentro da sua farda, tenta expulsar essas “excrescências urbanas que ousam tomar espaços entre Sennas e Cacás Buenos..
    Mentalidade retrógada, veja o grau de sobre-alimentação e obesidade de nossa população..
    Ter um carro é hoje moda aquí, tardiamente..Estamos no “olho do furacão” , crise econômica e energética mundial, e os governos querem salvar a industria automobilística !
    Estão ´ministrando morfina num paciente terminal( a industria automobilistica ocidental está moribunda) no caso bilhões e bilhões de dólares…
    E em Curitiba implicam com uma” faixa no chão” !

    VIVA A ARAUCÁRIA!!!!!

    Curtir

  3. André Garcia disse:

    É o desespero do mau tentando permanecer na terra.

    Acho que os próximos anos serão marcados por atitudes desesperadas como esta.

    Mas não desanimemos. Por que como Luther King disse “não é o barulho dos maus que me assusta. E sim o silêncio dos bons”.

    Estamos todos nós, que pedalamos conscientemente, criando e pensando em fazer os outros pensarem no tema também, mesmo que estes continuem dentro de seus carros com insulfilm pra que ninguém os veja .

    Estamos fazendo algo e com agenda até 2000 e tarará!

    Nosso caminho é longo e estamos indo de bike!

    Paz, força e alegria!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s